武术在电视台 – Viver para Lutar – Série Canal Combate

A série documental ‘Viver para Lutar’ ganhou mais uma temporada.

Sucesso de audiência e de crítica, a série documental ‘Viver para Lutar’ ganhou mais uma temporada. Exibida no canal Combate, a produção conta sobre um estilo de luta praticado em cada país, mostrando histórias de personagens que ajudaram no crescimento desse esporte.

Na nova temporada, Rodrigo Minotauro viajou até seis países para vivenciar os diferentes estilos de luta que cada local carrega. China, Israel, Holanda, Japão, Brasil e Cuba foram os lugares que participaram das gravações, onde visitaram academias e dojos reconhecidos.

Além de mostrar o mundo da luta, a série mostra as diversas questões culturais que envolvem os países. Como o problema político e religioso entre Israel e Palestina, onde o Krav Maga tem papel importante para juntar e ajudar a população local se aproximarem.

Agora embaixador do UFC, Minotauro afirmou que fazer arte desse projeto foi o ponto mais alto de sua carreira na luta. O ex-campeão dos pesos pesados disse que o contato que teve com as pessoas foi um momento único.

“Tive um contato com artes marciais e mestres (na série documental) que eu não teria como lutador. Então gravando o programa, na primeira temporada, lá atrás, tivemos uma passagem para gravar sobre o karatê e fomos na ilha de Okinawa, onde foi fundado o karatê. E fomos nos clãs, nas famílias. No final do programa conseguimos juntar todos eles e fomos a um bar, e eles ficavam se olhando, até que falaram para mim “Rodrigo nós nunca sentamos juntos, nem nossos avós, e você conseguiu” quando vimos no final estavam todo mundo se abraçando, e são essas coisas que conseguimos trazer”.

Novos estilos para atual temporada

China; Kung Fu: Minotauro visita o lendário Templo Shaolin, onde moram e treinam os monges que praticam o Kung Fu como parte do zen budismo. O lutador observou como é o preparo físico e mental dos monges guerreiros.

Israel; Krav Maga: Uma das lutas mais eficazes para a defesa pessoal, Minotauro anda por Israel para entender a criação dessa luta e o contexto em que ela se encaixa.

Holanda; Kickboxing: Nessa viagem, Minotauro vai até o país que adotou o Kickboxing como destaque. O embaixador do UFC encontra velhos amigos por lá e tem a oportunidade de realizar um antigo sonho.

Japão; Aikido: Uma das mais jovens artes marciais, o Aikido carrega traços dos antigos samurais. A convite de um dos maiores nomes da prática, o Tsuneo Ando, Minotauro acompanha o campeonato infantil do esporte.

Brasil; Capoeira: De volta a sua terra natal, Minotauro tem o desafio de ver os mais variados estilos de lutar Capoeira em Salvador. O lutador conheceu academias e projetos sociais que ajudam a população.

Cuba; Boxe: Praticante da modalidade, Minotauro conhece as escolas onde revelaram grandes nomes do boxe, que é motivo de orgulho dos cidadãos. Ele observa, também, como a prática está se abrindo mais ao mundo.

A série documental ‘Viver para Lutar’ é uma coprodução do UFC, Combate e Mixer Films. Com a direção geral de Rodrigo Astiz, direção de Nikolas Fonseca e apresentação de Rodrigo Minotauro, a série chega a sua segunda temporada, que começa a ser exibida na segunda-feira (6), ás 20h, no canal Combate.

fonte: vavel.com.br 

Deixe um comentário