A história do Kung Fu

Leia tudo sobre a História do Kung Fu, Lenda de Bodhidharma e Wushu Moderno.

É um sistema de luta desenvolvida na china.Surgiu das observações dos animais. Porém, niguém sabe ao certo quando surgiu.Embora já tenha mais de 2.000 anos, a verdade nele continua novinha porque,vai se adaptando de tempos em tempos como uma arte tradicional.

A história do Kung Fu é cheia de muitas lendas e ciladas que tornam qualquer tentativa séria de transmitir uma história compreensiva e puramente factual quase impossível. A principal razão para isto é que a história de uma pessoa é a lenda de outra. Há muito poucas provas documentadas para sustentar qualquer história de Kung Fu, já que a maioria das histórias passam de pai para filho, oralmente, sem qualquer documentação escrita para comprovar. Sendo assim, tentarei cortar muito dos mitos e apresentar um relato claro. Se um relato for puramente lenda, será registrado como tal aqui.

Os Primórdios

Os primeiros registros fiéis de Kung Fu foram encontrados em ossos e cascos de tartarugas da dinastia Shang (1766-1122 a.C.), embora acredita-se que o Kung Fu se desenvolveu muito antes disso. Machados de pedra, facas e flechas foram desenterrados do período da China em recentes escavações. Na verdade, Huang-Ti, o terceiro dos Três Imperadores de Outono (embora alguns o considerem o primeiro imperador da China) usava espadas de cobre para o combate.

Ch’uan fa, ou estilo do punho, como era chamado o Kung Fu no começo, tornou-se muito popular, quando os guerreiros de Chou da China Ocidental derrotaram o monarca da dinastia Shang em 1122 a.C. Durante o período Chou, uma espécie de luta romana chamada jiaoli foi listada como um esporte militar juntamente com arco e flecha e corrida de carruagens.

O período de 770-481 a.C. foi chamado de Era da Primavera e do Outono. Durante esta época, o Kung Fu foi chamado de ch’uan yung, e a arte começou a florescer.

O período dos Estados Guerreiros (480-221 a.C.) produziu muitos estrategistas que enfatizavam a importância do Kung Fu na construção de um forte exército. Conforme mencionado no Sun-tzu (Livro das Guerra), “Exercícios de luta romana e ataque fortalecem o físico do guerreiro”. Dos notáveis mestres de Kung Fu em luta de espadas naquele tempo, muitos eram mulheres. Uma delas, Yuenu, foi convidada pelo Imperador Goujian, para expor suas teorias sobre a arte de esgrimista. O termo oficial para o Kung Fu naquela época era chi chi wu (os mesmos caracteres que os usados para o jujutsu japônes).

As dinastias Ch’in (221-206 a.C.) e Han (206 a.C. – 220 d.C.) presenciaram o crescimento de artes marcias como o shoubo (luta romana) e o jiaodi, uma contenda na qual os participantes se defrontam com chifres de boi nas cabeças. O Kung Fu passou a se chamar chi ch’iao. Várias novas armas foram incorporadas à arte, e o taoísmo começou a influenciar a filosofia de luta.

Na dinastia Chin (265-439 d.C.) e nas dinastias do Norte e do Sul (420-581 d.C.), um famoso médico e filósofo taoísta, integrou o Kung Fu com chi kung (execícios respiratórios, também chamados qigong). Suas teorias de poder interior e exterior ainda são respeitadas até hoje.

Ge Hong baseou-se muito na pesquisa de seu antecessor Hua T’o, que, durante o período dos Três Reinos (220-265 d.C.), criou um método de movimento e respiração chamado wu chien shi. Este incluía a imitação dos movimentos do pássaro, veado, urso, macaco e tigre. Dizia-se que Hua T’o recebeu ajuda de um sacerdote taoísta chamado Chin Ch’ien. As obras de Hua T’o e Ge Hong foram um marco do desenvolvimento de exercícios de Kung Fu.

O seguinte grande desenvolvimento da história do Kung Fu também veio durante as dinastias do Norte e do Sul: a chegada de Bodhidharma.

A Lenda de Bodidharma

BodhidharmaDurante as dinastias do Norte e do Sul, o principal regime começou a atacar a área central da China, e a ordem social foi rompida. Isto criou um crescente interesse no estudo religioso. Em conseqüência, muitas figuras religiosas entraram no país. Uma, em particular, foi Bodhidharma.

Bodhidharma é uma figura obscura na história do budismo. As fontes mais fiéis para nosso conhecimento são Biographies of the High Priests (Biografias dos Altos Sacerdotes) do Sacerdote Taoh-suan (654 d.C.) e The Records of the Transmission of the Lamp (Os Registros da Transmissão da Fonte de Luz Espiritual) do Sacerdote Tao-yuan (1004 d.C.).

Apesar destas fontes aparentemente autênticas, os modernos estudiosos ou têm sido relutantes em aceitar qualquer versão da existência de Bodhidharma ou afirmam que Bodhidharma é uma lenda. Muitos historiadores budistas, contudo, denominaram Bodhidharma o 28º Patriarca do Budismo, dando provas de sua existência.

Bodhidharma (também conhecido como Ta Mo, Dharuma e Daruma Taishi) foi o terceiro filho do Rei Sugandha do sul da Índia, foi um membro dos kshatriya, ou casta guerreira, e passou sua infância em Conjeeveram (também Kanchipuram ou Kancheepuram), a pequena província budista do sul de Madras. Ele recebeu seu treinamento em meditação budista do mestre Prajnatara, que foi responsável pela mudança do nome do jovem discípulo de Bodhitara para Bodhidharma.

Bodhidharma foi um excelente discípulo e logo se sobressaiu entre os colegas. Na meia-idade já era considerado um mestre budista. Quando Prajnatara morreu, Bodhidharma zarpou para a China. Duas razões existem para isso: foi um desejo de seu mestre, Prajnatara, no leito de morte; ou Bodhidharma ouviu falar dos religiosos na China e se entristeceu com o declínio da verdadeira filosofia budista lá.

Os relatos das atividades de Bodhidharma na China variam consideravelmente. O livro Biografias dos Altos Sacerdotes, de Tao-hsuan, afirma que Bodhidharma chegou à China durante a dinastia Sung (420-479 d.C.) e as dinastias do Norte e do Sul (420-581 d.C.) e mais tarde viajou para o norte para o reino de Wei. Mas a data tradicional dada para a entrada de Bodhidharma, segundo o livro Biografias dos Altos Sacerdotes de Tao-hsuan que foi preciso em colocá-lo no templo Yung-ning em Lo-yang em 520 d.C. O livro ainda afirma posteriormente que um noviço budista chamado Seng-fu juntou-se aos seguidores de Bodhidharma, foi ordenado por Bodhidharma e então viajou para o sul da China, onde morreu com a idade de 61 anos. Um simples cálculo matemático nos diz que se Seng-fu estava de fato com 61 anos em 524 d.C. e possuíra a idade mínima aceitável para ordenação (20 anos), teria estado com 20 anos em 483 d.C., colocando o monge indiano na China mais cedo do que a data tradicional.

Uma variação no tema acima, encontrada em Os Resgistros da Transmissão da Fonte de Luz Espiritual, situa Bodhidharma em Cantão em 527 d.C. Após passar algum tempo lá, ele viajou para o norte, encontrando o Imperador Wu da dinastia Liang (502-557 d.C.) em Ching-ling (agora Nanquim).

Quando Wu viu Bodhidharma (diz a lenda), ele lhe perguntou: “Eu trouxe as escrituras de seu país para o meu. Construí templos de grande beleza e fiz com que todos abaixo de mim aprendessem as grandes doutrinas budistas. Que recompensas eu receberei na próxima vida por isso?”Bodhidharma replicou: “Nenhuma!” (referindo-se à crença budista de que se você fizer alguma coisa esperando recompensa, pode esperar nada).O rei ficou tão furioso que baniu Bodhidharma do palácio. Bodhidharma novamente se dirigiu para o norte.

Viajou para a província Honan atravessando o rio Yuang-tse (diz a lenda) num bambu. Estabeleceu-se no monastério Shaolin (também chamado Sil-lum) no monte Shao-shih nas mostanhas Sung.

Depois de chegar ao templo Shaolin, ele meditou em frente a uma parede por nove anos. Em sua meditação, fundou o budismo ch’an. A lenda diz que além de formar o ch’an, Bodhidharma também fundou o Kung Fu. Contudo, vimos que o Kung Fu já existia com muitos nomes diferentes por toda a história da China.

É mais provável que, sendo um mosteiro, Shaolin abrigasse muitos fugitivos da justiça, fugitivos que eram também guerreiros hábeis tornavam-se monges. Contudo, acredita-se que Bodhidharma tenha fundado uma série de exercícios que ajudavam a unir a mente e o corpo – exercícios que os monges guerreiros achavam benéficos a seu treinamento. Dois famosos clássicos, Sinew Change Classic e Washing Marrow são tidos como escritos por Bodhidharma ou seus seguidores baseados em seus ensinamentos. Destes clássicos vieram empregos da luta na forma do punho de pedra e das 18 mãos de lohan. Durante esta época, as artes marciais da China separaram-se em duas formas distintas: boxe interno (nei-chia) e boxe externo (wai-chia).

O estilo Shaolin de Kung Fu começou sua segunda transição durante a dinastia Yuan (1206-1333 d.C.), quando um monge chamado Chueh Yuan (também chamado Hung Yun Szu) aperfeiçoou o sistema para reunir 72 formas ou técnicas. Mais tarde, os 72 movimentos foram estudados por Pai Yu-feng e Li Cheng da província Shansi. Além dos métodos de Chueh Yuan, eles também estudaram as 18 mãos de lohan de Bodhidharma e fundiram os métodos para inventar 170 técnicas. Estes 170 métodos formaram a base do atual estilo Shaolin, um estilo que é muito complexo em seus métodos e diversificação. Pai Yu-feng ensinou que um homem tem cinco príncipios: força, ossos, espírito, tendões e ch’i (energia interior).

Seus 170 métodos continham a essência de cinco animais. Eram eles a serpente (she), o leopardo (pao), a garça azul (hao), o dragão (lung) e o tigre (hu). O tigre ensinou o método de força dos ossos; o dragão desenvolveu grande força do espírito; a garça azul ensinou o treinamento dos tendões; o estilo do leopardo representou extrema força e a serpente instruiu na capacidade de fluir o ch’i.

O sistema Shaolin desmembrou-se em cinco estilos distintos. Isto porque havia cinco templos Shaolin em vários distritos. O sistema original veio da província de Honan. Os outros sistemas foram chamados de acordo com as províncias em que se situavam os templos: O-mei, Wu-tang, Fukien e Kwang-tung. No sul (Cantão), as cinco variedades de Kung Fu Shaolin desenvolveram-se em sistemaas familiares: Hung, Lau, Choy, Li e Mo.

Cada uma dessas cinco famílias desenvolveu suas próprias artes:

Hung Gar: Da família Hung. Fundado por Hung Hei Gung. Usa a força externa e exercícios de tensão dinâminca e é excelente para desenvolver músculos e posturas fortes.

Lau Gar: Da família Lau. Fundado por Lau Soam Ngan, é um excelente sistema baseado em métodos manuais de médio alcance.

Choy Gar: Da família Choy. Fundado por Choy Gau Yee, este não é o sistema Choy Li Fut que é tão popular hoje. Embora tenha algumas semelhanças, a marca registrada de Choy Gar são seus métodos de ataque a longo alcance.

Li Gar: Da família Li. Fundado por Li Yao San, este sistema usa ataques de médio alcance com um murro poderoso de médio alcance.

Mok Gar: Da família Mok (ou Mo). Fundado por Mok Ching Giu, este sistema tem socos de curto alcance e métodos de chute muito poderosos.

O mais fascinante aspecto dos 170 métodos de Pai é seu fundamento nos movimentos dos animais, a saber, o tigre, o dragão, a garça azul, o leopardo e a serpente.

A garça azul (hao) é um estilo baseado em métodos e técnicas para fortalecer os tendões. Ele enfatiza o equilíbrio, o trabalho dos pés complexo e rápido, e um único movimento do punho chamado o bico da garça, no qual todos os dedos se unem na ponta para aplicar ações de bicar. A marca registrada do estilo garça azul é sua postura de uma perna e um punho muito alongado (chang ch’uan). Além destas técnicas, a garça aul também usa um punho curto (tuan ch’uan), técnicas de armadilha com o pulso e uma variedade de chutes.

O estilo do leopardo (pao) desenvolve poder, velocidade e força, especialmente na parte inferior do corpo. O método do leopardo exibe golpes penetrantes e rápidos e uma atitude mental feroz.

A serpente (she) é talvez o aspecto mais interpretado dos cinco animais (wu-chia ch’uan), já que desenvolve a misteriosa energia intrínseca chamada ch’i. O estilo em si realça a elasticidade dos tendões e ligamentos, flexibilidade, movimentos diagonais defensivos e ofensivos e ataques velozes com os dedos. A mão da serpente usa às vezes dois dedos (o do meio e o indicador) ou os quatro dedos (que é o mais usado). O ataque com os dedos são aplicados nas partes moles do corpo do adversário, com movimentos circulares que açoitam, golpeiam de leve e saltam.

O dragão (lung), um animal mítico do folclore chinês, desenvolve autoconfiança. Movimentos técnicos são aplicados com fortes torções do corpo (como a torção e sacudidela violenta do corpo e rabo do dragão). O estilo do dragão também usa uma postura baixa e potente do cavalo e desenvolve espírito forte por meio da graça e flexibilidade. Muitos sistemas completos de Kung Fu se originaram dos movimentos do dragão. A maioria se destaca por seus movimentos fluentes, técnicas de mão abundantes (umas 12 danças do punho ou kuen), chutes fortes e rápidos, uma variedade de movimentos circulares de perna e umas 28 séries de armas.

O tigre (hu) desenvolve força por meio do uso de tensão dinâmica e usa esta força para resgatar poderosas técnicas de mão de posturas muito baixas. A técnica de mão básica que distingue este estilo dos outros é a garra do tigre. O estilo do tigre geralmente investe para cima. (Existem, contudo, exceções onde o estilo do tigre investe para fora horizontalmente.)

Com o príncípio dos 170 métodos de Pai, o Kung Fu começou um novo período de crescimento. Contudo, o Kung Fu não começou no templo Shaolin, como muitos acreditam. Em vez disso, o Kung Fu começou a florescer através da influência de Shaolin. Por volta desta época, o Kung Fu passou a ser categorizado como estilos (métodos) do Norte e do Sul. O rio Yuangtze é tradicionalmente a demarcação entre o Norte (mandarim) e o Sul (cantonense).

Os sistemas do Norte destacam-se por suas técnicas de perna e seus padrões muito elegantes e extremamente trabalhados. Os métodos são ligeiros e graciosos. As técnicas do Norte adotaram esta especialização (de acordo com a lenda) por causa do terreno montanhoso que desenvolvia pernas fortes. Outros acreditam que o tempo inclemente forçava as pessoas a usar roupas pesadas. Isto exigia pernas fortes, já que a parte superior do corpo era difícil de se mover com rapidez.

Os estilos do Sul, por sua vez, não usam os métodos acrobáticos do Norte, e por causa disto muitos acham que são mais fáceis de se aprender. Os estilos do Sul usam posturas baixas, técnicas de mão potentes e chutes baixos rápidos. O povo cantonense, que pronuncia Kung Fu como Gung Fu, é mais baixo e mais atarracado e prefere usar métodos de mão. A lenda diz que como o Sul da China tem mais pântanos e água, o povo sulista remava mais, o que desenvolvia seus braços para técnicas de mão. Os praticantes do Gung Fu baseiam-se na velocidade, força, agilidade e resistência para executar seus ataques e defesas.

Os dois estilos mais singulares que se originaram do Kung Fu Shaolin são a palma de ferro (t’ieh chang) e a mão de veneno (dim mark). A palma de ferro refere-se ao método de condicionar externamente a mão para torná-la dura. A idéia é ter uma arma sempre disponível que consiga atacar com a força da morte. Os praticantes da palma de ferro usam ungüento de ervas chamado dit da jow. Usando isto, as mãos não demonstram sinais da capacidade mortífera.

A mão de veneno refere-se à capacidade de atingir centros nervosos para causar um ferimento antagônico. Os praticantes da mão de veneno usam mais o ch’i (energia interior) do que condicionamento físico.

Quando utilizada, há poucos sinais de ferimentos externos; contudo, a energia destrutiva danífica os órgãos internos.

O Nascimento do Wushu

Zhao Qing Jian

Com o Kung Fu Shaolin firmemente plantado no solo da China, a arte diversificou-se em milhares de estilos familiares distintos.

Durante a dinastia Sung (960-1279 d.C.), houve um grande aparecimento da sociedade de Kung Fu, nem todas promovendo boas ações. Sociedades tais como os Dragões Negros ou as Tríades eram muito fechadas – quase como famílias. Seus objetivos iniciais não são claros, mas com o poder vem a corrupção, e muitas sociedades de Kung Fu voltaram-se para o crime. Não era raro encontrar um mestre de Kung Fu de uma determinada escola (kwoon) ou província vagando de vilarejo em vilarejo, testando sua habilidade. Muitas vezes havia duelos até a morte. Além de lutas mortais, havia muitas demonstrações públicas para atrair novos praticantes. De acordo com a crônica da capital de Kaifeng, estes “shows de rua” eram muito populares.

Na dinastia Ming (1368-1644 d.C.), o Kung Fu era conhecido historicamente como chi yung e a arte floresceu, especialmente no Sul da China. Os estilos de Shaolin do Sul concentravam-se no templo Shaolin, na província Fukien. Wang Lang da província de Shang-tung criou o famoso estilo Louva-a-Deus (Tang Lang), baseado nos movimentos do inseto de mesmo nome.

Os estilos da garça branca (pao-hoc) e do macaco (tsitsing pi qua) surgiram também. Talvez, o maior evento internacional durante este período tenha sido a introdução do Kung Fu no Japão. Ch’en Yuan-ping viajou ao Japão e introduziu o ch’in-na, uma forma de manipulação das juntas que acrescentou muito ao Jujutsu japonês. A maior documentação histórica desta era ocorreu quando Qi Jiguang, um conhecido general, compilou um livro tratando de 16 diferentes estilos de exercícios com as mãos desarmadas e umas 40 técnicas com lança e bastões de três partes. Ele criou também uma série completa de teorias e métodos de treinamento, dando assim grandes contribuições ao Kung Fu.

Quando os Manchus derrubaram a dinastia Ming em 1644, eles estabeleceram a dinastia Ch’ing, que caiu em 1911. O Kung Fu era chamado de pai ta, e 18 sistemas de armas para combate foram praticados. Sociedades secretas floresceram, especialmente a Sociedade da Lótus Branca, que era enfatizada no taoísmo. As sociedades da dinastia Ch’ing eram organizações que desejavam derrubar os Manchus ou afastar as influências européias ocidentasis de seu país.

Muitas sociedades ensinavam a seus membros que suas técnicas de Kung Fu os tornariam invencíveis, mesmo para balas de armas de fogo. Isto provocou a Rebelião dos Boxers (chamados “boxers” pelos estrangeiros, porque os chineses enfrantavam as balas desarmados). Naturalmente, mãos desarmadas não enfrentam balas, e a rebelião foi esmagada. Isto trouxe desrespeito para a validade do Kung Fu. Durante esta era, os métodos de Kung Fu interior (nei-chia) começaram a se tornar populares.

A era comunista foi introduzida depois da queda dos Manchus. O Kung Fu agora passava a chamar-se wushu ou kwo su. Poderosos chefes guerreiros, como Feng Yu-hsiang, treinavam seus soldados com Kung Fu, desenvolvendo muito respeito à arte.

Em 1949, a República Popular da China foi fundada, e muito tem sido feito desde então para promover o Kung Fu. Velhos métodos de luta voltaram a ser usados, e novos foram criados. Grupos de mestres foram formados para combinar e restabelecer vários métodos antigos, e o Wushu nasceu.

Só no final da década de 1960 que o Kung Fu começou a ser ensinado para os ocidentais, e arte se torna cada vez mais popular em todo o mundo.

Nota: O registro histórico chinês menciona, pela primeira vez, o Kung Fu no ano de 2674 a.C., ou seja, 4.676 anos já se passaram desde esse registro até o ano de 2002.

Fonte: Livro Segredos do Kung Fu

A História do Wushu

Muitas pessoas, inclusive que praticam artes marciais chinesas, ainda se perguntam o que é Wushu. Wushu é a palavra mandarim para artes marciais, e é a expressão usada na China. Os ocidentais estão mais familiarizados com o termo Kungfu que na verdade se traduz literal e simplificadamente como “habilidade”. Wushu é um esporte tradicional chinês que se atenta tanto para exercícios externos como internos, com movimentos de luta e seus principais conteúdos. O Wushu inclui o Taolu (rotinas de exercícios) e Sanshou (luta).

O Wushu Moderno, ou o que as pessoas chamam de Wushu Contemporâneo, é baseado nas artes marciais chinesas tradicionais. Entretanto o Wushu Moderno só foi criado nos anos 1950. O Presidente Mao determinou que o velho deveria servir ao novo e instruiu os mestres tradicionais de Wushu a criar um esporte novo para a sociedade socialista moderna.

A formação e o desenvolvimento do Wushu

Para entender como o Wushu Moderno se desenvolveu precisamos examinar como a sociedade influenciou a prática das artes marciais. Wushu, um esporte há muito respeitado na China, remonta aos tempos dos clãs nas sociedades primitivas.

Nas Dinastias Shang e Zhou o Wushu serviu como treinamento para os soldados e também se tornou parte da educação física na formação dos estudantes nas escolas.

Na Primavera, Outono e Períodos dos Estados Combatentes as aplicações de técnicas de luta nas batalhas foram muito enfatizadas. Para escolher soldados o Jiao – exame de luta – acontecia todos os anos na primavera e outono e a atividade de luta com espada ficou muito popular.

Nas Dinastias Qin e Han esportes “dançantes” similares a rotinas de exercícios (como de espada facão, espada reta, “punhal-machado” dagger-axe, “alabarda dupla” double-halberd) apareceram sucessivamente.

Durante as Dinastias Tang e Sung muitas organizações civis surgiram, e foram introduzidos os árbitros. Regras simples para as competições já estavam em vigor e os vencedores eram agraciados com prêmios generosos.

As Dinastias Ming e Qing foram uma era de florescimento para o Wushu, com várias escolas e diferentes estilos.

Em 1928 o Instituto Central de Wushu foi criado em Nanjing pelo governo. Como conseqüência institutos locais de Wushu foram criados em províncias, cidades e condados. Dois encontros de Wushu foram promovidos pelo Instituto Central de Wushu em 1928 e 1932 em Nanjing.

Em 1936 a Delegação Chinesa de Wushu foi organizada para visitar o sudeste da Ásia. No mesmo ano nove membros da equipe chinesa de Wushu deram uma demonstração em Berlim nos XI Jogos Olímpicos. Desde 1936 muitos dos nove membros infelizmente faleceram, mas alguns ainda estão vivos e desejando que o Wushu se torne parte dos futuros Jogos Olímpicos.

O Atual Desenvolvimento do Wushu Moderno

Desde a fundação da República Popular da China o Wushu se tornou um componente da cultura socialista e do desenvolvimento físico e esportivo das pessoas, tendo se desenvolvido espetacularmente. No começo dos anos 1950 muitos notáveis experts em artes marciais tradicionais como Zhang Wen-Guang, Wang Zi-Ping, Sha Guo-Zeng e Chai Long-Yun revisaram as artes marciais tradicionais chinesas para desenvolver o Wushu Contemporâneo.

As bases do Wushu Contemporâneo foram os estilos do Shaolin do Norte, Cha Quan, Hua Quan, Hong Quan e muitos outros. Sob a direção do Presidente Mao o novo esporte não enfatizou o combate, mas a saúde, o exercício e o desenvolvimento atlético. Entretanto era importante ser capaz de demonstrar intenção e espírito de luta.

Em 1953 uma Demonstração e Competição Nacional de Esportes Tradicionais aconteceu em Tianjin, na qual o Wushu foi predominante. O Wushu entrou como curso formal nos institutos locais de esporte e departamentos de educação física. Em 1956 a Associação Chinesa de Wushu foi criada em Beijing e assim o Wushu se tornou um evento oficial de competições.

O primeiro rascunho das regras de competição para o Wushu foram compiladas pela Comissão de Cultura Física e Esportes do Estado em 1958. Rotinas de exercícios como os simplificados Taijiquan, Changquan, espada facão, espada reta, lança, e bastão avançados, intermediários e para iniciantes foram publicados sucessivamente, o que ajudou muito a popularidade e promoção do Wushu. Políticas genéricas e específicas para o desenvolvimento do Wushu nesse novo período histórico foram definidas na Primeira Conferência Nacional de Wushu que aconteceu em 1982 e levou o desenvolvimento do Wushu a um novo clímax.

Sob a orientação da Comissão de Cultura Física e Esportes do Estado e a Associação Chinesa de Wushu associações, escolas, sociedades, sociedades de pesquisa, equipes de escolas amadoras de esportes e centros de treinamento de Wushu se estabeleceram em muitos condados e todas províncias, cidades e regiões autônomas formando uma vasta rede para atividades de massa de Wushu um largo caminho para o desenvolvimento do Wushu.

Todas as escolas tornaram o Wushu parte do programa de educação física. Sociedades e equipes foram formadas em algumas faculdades e universidades. Programas de graduação foram estabelecidos em alguns Institutos de Educação Física e para trazer graduandos e pós-graduandos para o Wushu. O mestrado em Wushu foi criado em abril de 1996. Aprovado pelo governo em 1986 o Instituto Chinês de Pesquisa de Wushu foi criado como uma corporação de alto nível para a condução técnica e acadêmica das pesquisas em Wushu.

Para herdar e desenvolver esse precioso legado cultural uma investigação de nível nacional foi feita revelando a situação do Wushu na China nos últimos quinze anos. Os trabalhos de escavação, coleta e conferência foram frutíferos. Nessas bases os livros “Esboço Detalhado da História Chinesa do Wushu” e “Registro do Pugilismo e Armoaria Chineses” foram compilados e publicados.

Todos os avanços do Wushu Moderno foram feitos somente nas formas competitivas. Somente recentemente o Sanshou (luta) foi incluído nos eventos nacionais. A experimentação com competições de luta começaram em 1979, que se tornaram eventos competitivos oficiais em 1989.

Para fazer uma contribuição para a saúde e bem estar de todas as pessoas e dedicar o Wushu como um novo evento esportivo para o mundo, foi feita uma promoção do Wushu no exterior através de projetos do tipo passo-a-passo desde 1983.

Os governos central e local freqüentemente enviaram delegações, equipes, instrutores e experts em Wushu ao exterior para dar palestras e fazer demonstrações.

O primeiro Torneio-convite Internacional de Wushu aconteceu em Xian em 1985 e o Comitê Preparatório para a Federação Internacional de Wushu foi formado. Em 1986 o segundo Torneio-convite Internacional de Wushu aconteceu em Tianjin.

Em 1987 o primeiro Campeonato Asiático de Wushu aconteceu em Yokohama, Japão, e a Federação de Wushu da Ásia foi criada.

No ano de 1988 aconteceram em Hangzhou e Shenzhen o Festival Internacional de Wushu da China, a Competição Internacional de Rotinas e o Torneio Internacional de Wushu de Desafios de Luta, o que tornaram o Sanshou formalmente reconhecido na arena internacional de Wushu.

O Segundo Campeonato Asiático de Wushu aconteceu em Hong Kong em 1989. Em 1990, nos XI Jogos Asiáticos em Beijing, o Wushu foi introduzido como evento competitivo oficial. As equipes de Wushu de onze países e regiões participaram das competições. A Federação Internacional de Wushu foi criada no mesmo ano.

O Wushu não só foi muito desenvolvido em seu local de nascimento – a China – como também o grande objetivo de “levar o Wushu chinês para o mundo” está sendo gradualmente realizado.

O Wushu Moderno na Arena Internacional

Com os esforços comuns feitos nos últimos dez anos a Federação Internacional de Wushu se tornou uma organização influente no mundo, com 77 membros de cinco continentes. Estamos felizes pelo fato da FIW ter sido oficialmente reconhecida pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em junho de 1999, e agora somos membros da família da COI. Sessenta e quatro anos se passaram desde que aqueles nove membros foram à XI Olimpíada. Os membros sobreviventes ficarão felizes em ouvir essa ótima notícia.

Atualmente a Federação Internacional de Wushu organizou cinco campeonatos mundiais na China, Malásia, EUA, Itália e Hong Kong, respectivamente. O campeonato mundial (Taolu e Sanshou) acontece a cada dois anos e é um evento reconhecido pela Federação Internacional de Wushu. O sexto campeonato mundial de Wushu será na Armênia em outubro de 2001. Nesse campeonato serão acrescentadas cinco novas rotinas compulsórias que foram aprovadas pelos comitês técnico e executivo da FIW.

As regras para a competição internacional de Taolu, sancionadas em 1997, cobre os as competições de Taolu e são as seguintes:

A. Somente rotinas compulsórias serão permitidas nas competições.

Se uma rotina opcional for apresentada não será pontuada.

1. Homens – competição individual

a. Rotina de mãos livres: Changquan, Nanquan, Taijiquan – somente uma

b. Rotina de armas curtas: Daoshu, Jianshu, Nandao, Taijijian – somente uma

c. Rotina de armas longas: Qiangshu, Gunshu, Nangun – somente uma

2. Mulheres – competição individual:

a. Rotina de mãos livres: Changquan, Nanquan, Taijiquan – somente uma

b. Rotina de armas curtas: Daoshu, Jianshu, Nandao, Taijijian – somente uma

c. Rotina de armas longas: Qiangshu, Gunshu, Nangun – somente uma

Nota: Tanto as rotinas originais quanto as novas (Changquan, Daoshu, Jianshu, Qiangshu and Gunshu) serão aceitas na competição de Taolu no sexto Campeonato Mundial, o que significa que cada competidor pode escolher entre as rotinas compulsórias nova e a original dentre os cinco eventos para competir.

B. Eventos demonstrativos – todos os eventos fora das categorias competitivas.

Somente um dos seguintes:

1. Eventos solo

2. Eventos em dupla

A partir de agora os campeonatos mundiais serão conduzidos de acordo com as Regras para Competições Internacionais de Taolu e Regras para Competições Internacionais de Sanshou sancionadas em 1997. (Este é o mais completo conjunto de padrões e regras disponíveis e você pode encontrar muitos outros requisitos)

Por exemplo, mas Regras para Competições Internacionais de Taolu o limite de tempo para performances:

1. Para das rotinas de Changquan, Nanquan, Daoshu, Jianshu, Qiangshu, Gunshu, Nandao e Nangun, a duração da performance não pode ser menor do que 1 minuto e 20 segundos.

2. A duração da performance deve ser de 5-6 minutos para uma rotina de Taijiquan e 3-4 minutos para uma rotina de Taijijian, com o juiz principal soando um apito no quinto minuto para ao primeira forma e no terceiro minuto para a segunda.

3. Outros eventos: a duração da performance não pode ser menor que um minuto para eventos solo e 50 segundos para eventos em dupla.

Em 1995 o terceiro Campeonato Mundial aconteceu em Baltimore, Maryland. O Wushu Moderno se tornou mais popular nos EUA nos últimos cinco anos.

Wushu Moderno nos Estados Unidos

É importante lembrar que até a visita de Nixon à China em 1972 a Guerra Fria tinha mantido a China fechada para a América e para o Ocidente. Conforme as portas do país foram se abrindo o Wushu se tornou uma forma dos chineses fazerem amigos com o resto do mundo. Em 1974 a China enviou sua equipe nacional com três técnicos e 32 atletas aos Estados Unidos em um gesto de amizade. O Presidente Nixon e o Secretário de Estado Henry Kissinger convidaram a equipe para o jardim de rosas da Casa Branca. O Jovem membro da equipe Jet Li (Li Lian-ji) e outros fizeram uma demonstração na Casa Branca.

A equipe também esteve no Havaí de 23 a 25 de junho, em São Francisco de 28 de junho a 1° de julho, em Nova York de 4 a 7 de julho e em Washington DC de 10 a 13 de julho. Muitos artistas marciais foram inspirados pela beleza, dificuldade e movimentos acrobáticos do Wushu Moderno. Hoje alguns dos antigos membros da equipe vivem nos EUA. Dentre eles está o técnico Zhang Ling-Mei, a capitã da equipe femininna Chen Dao-Yun, e os ex-membros da equipe Ho Wei-Qi, Cheng Ai-Ling, e o famoso astro de filmes de kung fu, Jet Li.

Atualmente a equipe Americana de Wushu participou de todos os cinco Campeonatos Mundiais e nos três Campeonatos Panamericanos ganhando muitas medalhas tanto nos eventos de Taolu quanto de Sanshou. A equipe americana tem muitos atletas ganhadores de medalhas e técnicos experientes de Wushu Moderno.

Vamos aguardar ansiosamente pelo futuro do Wushu Moderno nos Estados Unidos e lembrar que para onde quer que o Wushu vá no futuro dependerá da sua contribuição e suporte.

Fonte: (*) Este artigo foi originalmente publicado em www.martialarts.com

Traduzido por Mariana Nascimbem Blaser

146 Respostas para “A história do Kung Fu”

  1. Wavatar
    Thayná 2 de março de 2013 as 16:58

    Não tem um texto menor não ??

    • Wavatar
      Luiz Carlos 11 de março de 2013 as 2:38

      Ola, Este um texto longo, mas vale a pena ler.

      Obrigado

      • Wavatar
        gustavo 2 de junho de 2013 as 11:18

        e luis carlos sou um trenador de kung-fu e concordo com voce luto todos os estilosedomino todas as artes e sou um mestre

  2. Wavatar
    Daniela Silva Maciel 27 de abril de 2013 as 10:20

    Não temum resumo não?

  3. Wavatar
    Daniela Silva Maciel 27 de abril de 2013 as 10:21

    Não tem um resumo não?

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 3 de maio de 2013 as 23:06

      Obrigado por acessar o portal. Publicamos uma historia completa, pois tivemos muitos pedidos para esta historia.

      Obrigado

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 27 de maio de 2013 as 17:57

      Ola, Infelizmente não temos um resumo, mas sugiro que leia um pouco por dia, pois vale a pena.

  4. Wavatar
    gesa 30 de abril de 2013 as 22:10

    fasen um testos menores sao muitos grande ne galera

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 27 de maio de 2013 as 17:55

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

      O Texto é grande, pois conta a história da arte. Vale a pena parar um pouquinho para ler. Sugerimos que leiam um pouco por dia.

      Obrigado

      • Wavatar
        Jeisson 13 de junho de 2017 as 19:40

        Kong fu Tei mettre ladai bandi do pois fenandito piti mi roubo 2000 mil eu pegunto no kong fu Tei bandi do
        Eu morro nu juazeiro do norte chara eu odeio os
        Evangelical pois mi roubo 2000 reais na hota eu quero meu dinheiro de vota vcs sao bixa queR da och mera um pau nu xu vcs sao vivado meta um pau nu cu

  5. Wavatar
    Felipe rodrigues siriano 23 de maio de 2013 as 15:24

    eu gosto de lutar kung fu.Ler este texto vai ensinar a viver

    • Wavatar
      Felipe rodrigues siriano 23 de maio de 2013 as 15:33

      vamos aguardar ansiosamente pelo futuro do WUSHU moderno nos estados e lembrar que para onde para onde que quer WUSHU vá no futuro dependerá da sua contribuição e suporte

      • Wavatar
        Portal Kung Fu/Wushu 27 de maio de 2013 as 17:56

        Sim, cada uma fazendo a sua parte para que o wushu cresça cada vez mais.

        • Wavatar
          Gabriel 24 de outubro de 2015 as 15:10

          Eu queria prática wing chun

          • Wavatar
            Matheus 16 de novembro de 2016 as 18:03

            Eu pratico wing chun e acho que é o melhor estilo de defesa pessoal

          • Wavatar
            Jevanildo caldeira mendes 15 de janeiro de 2017 as 16:03

            Eu queria aprender King fu!

  6. Wavatar
    sara gomes 24 de maio de 2013 as 17:42

    nao sei responder mais sei que e bom

  7. Wavatar
    Michael brian 7 de junho de 2013 as 2:18

    Nos praticantes de kung fu temos q agradecer sempre os nossos mestres por nós ensinar esta arte marcial tão completa.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 12 de junho de 2013 as 18:32

      Sim, Gratidão é um dos elementos mais preciosos da nossa vida.

      At
      Portaldekungfu.com

  8. Wavatar
    lucas 10 de junho de 2013 as 14:39

    é bastante longo mas é um bom texto

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 12 de junho de 2013 as 18:31

      Ola,
      Sim é um texto longo, mas vale a pena. Boa leitura.

      At.
      Portaldekungfu.com

  9. Wavatar
    Rayza Rodrigues 20 de junho de 2013 as 16:14

    Olá ótimo texto, teria alguém livro para me indicar sobre o histórico do Kung fu?
    Me interesso mas conheço poucos livros bons!
    Obrigada parabéns pela publicação!

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 20 de junho de 2013 as 16:45

      Obrigado por acessar o Portal de Kung Fu Wushu.
      Tente dar uma olhada em sebos, o Livro “Segredos do Kung Fu”.

      At
      Portaldekungfu.com

  10. Wavatar
    Iury 21 de junho de 2013 as 21:12

    Muito interessante, mas daria pra resumir

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 25 de junho de 2013 as 23:20

      Ola, Obrigado por acessar o portal de kung fu – wushu. Sabemos que o texto é longo, mas vale a pena ler
      At
      Portaldekungfu.com

  11. Wavatar
    RENATO TECNOCEL SIMOES 11 de julho de 2013 as 20:21

    gostaria de aprender kunf fu mas, na minha cidade as academias so pensam em dinheiro é muito caro aprender tal arte por aki olha so os preços:

    matricula: de 50 a 100 reais
    mensalidade: de 150 a 300 reais
    uniforme de: de 85 a 200 reais {}
    troca de faixa: de 50 a 200 reais

    alguém sabe se é possível aprender pela internet grátis ou bem barato? eu gostei muito do ke li sobre a arte e quero aprender.

    grato meu e-mail é se alguem souber augo me envie

    sem mais RENATO SIMOES obrigado

    • Wavatar
      Solange 23 de novembro de 2015 as 11:35

      Renato,

      Uma coisa que meu Si Hing sempre me diz “não veja como mensalidade, veja como um investimento para seu crescimento pessoal”
      E ele tem toda razão, pois quanto gastamos por mês com internet, festas, bobagens comestiveis, enfim se você colocar no papel cada centavo que você gasta, irá perceber que aprender Wing Chun em uma ESCOLA (não academia) trará muitos benefícios em sua vida.
      Outro detalhe importante, veja muito bem com quem irá aprender, Wing Chun não tem faixa, você avança no seu aprendizado.

  12. Wavatar
    kailane 18 de julho de 2013 as 15:29

    éotimo

  13. Wavatar
    daniel 7 de agosto de 2013 as 22:26

    eu amo kung fu

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 11 de agosto de 2013 as 19:36

      Obrigado por acessar o nosso site.

      Sempre daremos noticias sobre o mundo do kungfu

  14. Wavatar
    juliana pinheiro de oliveira 14 de agosto de 2013 as 19:39

    achei bem interessante :))

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 28 de agosto de 2013 as 22:38

      Obrigado por acessar o Portal de Kung Fu.

      At
      portaldekungfu.com

  15. Wavatar
    Allan 22 de agosto de 2013 as 20:17

    Sou Um Aluno(Quase Mestre)Eu Acho Muito Bom

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 28 de agosto de 2013 as 22:36

      Obrigado por acessar o Portal de Kung Fu.

      At
      portaldekungfu.com

  16. Wavatar
    Josnei 26 de agosto de 2013 as 13:22

    muito longo eu so qeria fazer um trabalho nao gostei

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 28 de agosto de 2013 as 22:36

      Obrigado por acessar o Portal de kung fu

      Sim, o texto é longo mais vale a pena, pois somente resumos não da para ter a noção exata do texto.

      At
      Portaldekungfu.com

  17. Wavatar
    rodrigo cardoso 10 de setembro de 2013 as 14:49

    gostei muito da materia meus parabens.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 17 de setembro de 2013 as 10:27

      Obrigado por acessar o Portaldekungfu.com

      Obrigado pelo elogio da matéria!

  18. Wavatar
    kailane 14 de setembro de 2013 as 20:23

    oiii não dava pra fazer uma historia menor não ?? Mas Eu Li Tudo E gostei De Mais

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 17 de setembro de 2013 as 10:26

      Obrigado por acessar o Portaldekungfu.com

      A história é longa mais vale a pena ler.

      At
      Portaldekungfu.com

  19. Wavatar
    Nathália 18 de setembro de 2013 as 21:10

    Queria saber qual é o primeiro estilo de Kung Fu a vir ao Brasil , em que ano e qual foi a capital?

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 30 de setembro de 2013 as 23:09

      Ola Nathalia,

      Pelos registros chegaram estilos na capital por volta da decada de 60 em SP/Capital. Estilos como Shaolin do Norte, Taichi, e Feihok phai e depois outros

  20. Wavatar
    Fábio 18 de setembro de 2013 as 22:56

    Gostei muito de ler. Parabéns.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 30 de setembro de 2013 as 23:08

      Obrigado por acessar o portal de kungfu.

      At
      Portaldekungfu.com

  21. Wavatar
    denise 24 de setembro de 2013 as 19:24

    esse texto e muito bom porque eu tomei 2 pontos no trabalho e muito legal valeu a pena ler e escrever

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 30 de setembro de 2013 as 23:08

      Obrigado por acessar o portal de kungfu, e ficamos felizes que o texto foi útil para o seu trabalho!

      At
      Portaldekungfu.com

  22. Wavatar
    Aparecida Santiago 2 de outubro de 2013 as 15:25

    Eu li,foi tudo de uma vez só,algumas horas são poucas,pra tanta preciosidade,amei tudo,perfeito,isso tudo porque quero fazer Kung fu, e por isso pesquisei,á história,muito linda….Aparecida de Fortaleza.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 6 de outubro de 2013 as 22:37

      Obrigado por acessar o portal de kung fu.

      Espero que tenha ajudado na sua escolha por esta nobre arte marcial milenar.

      At
      Portaldekungfu.com

  23. Wavatar
    Fullano de Tal 20 de outubro de 2013 as 19:57

    Amo kung fu e pratico o mesmo.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 30 de outubro de 2013 as 13:59

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

      Parabens, continue treinando firme o KungFu (wushu)

  24. Wavatar
    Patricia 29 de outubro de 2013 as 15:13

    OLÁ, MINHA FILHA TEM UM TRABALHO PRA FAZER E A PROFESSORA PEDIU O NOME DE 6 PRATICANTES DE KING FU. PROCUREI MUITO NO GOGLE, MAS SÓ APARECE JACKIE CHAN. SE ALGUÉM PUDER ME AJUDAR AGRADEÇO MUITO!!!

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 30 de outubro de 2013 as 13:58

      Obrigado por acessar o portal de kungfu.

      Segue nomes de praticantes de Kung Fu/Wushu (astros)

      Jackie Chan
      Jet Li
      Bruce Lee
      Michele Yeoh
      Sammo Hung
      Donie Yen

      Todos sao astros asiaticos de filmes

      At
      Portaldekungfu.com

  25. Wavatar
    mateus henrique 30 de outubro de 2013 as 21:21

    quem pede se tem um resumo e por que tem preguisa de ler, bando de preguiçosos

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 2 de novembro de 2013 as 20:46

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

      Espero que tenha gostado da historia do kungfu.

  26. Wavatar
    Luiz henrique 2 de novembro de 2013 as 12:39

    Por favor coloquem um resumo

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 2 de novembro de 2013 as 20:45

      Obrigado por acessar o Portal de Kung Fu.

      Esta é uma história grande, mas vale a pena ler e ficar informado sobre tudo do kungfu.

      Obrigado e continue acessando o portal de kung fu

  27. Wavatar
    gustavo 22 de novembro de 2013 as 0:38

    eu sou um mestre de kung fu a sete anos e luto todos os estilos um dos mais
    rapidos e o louva deus o que mais levita aguia e garça os melhores todos a para min e a melhor luta do universso por isso entrei nesse cite para deixa para voces que nunca desistam dos ceus sonhos

  28. Wavatar
    matheus 26 de novembro de 2013 as 11:18

    muito maneiro o kung fu

  29. Wavatar
    kamilla 8 de dezembro de 2013 as 19:54

    eu precisava fazer um trabalho mais esse texto so fala sobre esse tal WUSHU

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 10 de dezembro de 2013 as 8:20

      Ola,

      Obrigado por acessar o portal de kungfu.

      O nome Wushu, refere-se as artes marciais chinesas, este é o nome correto da arte marcial, que no ocidente ficou mais popular como Kungfu.

      At
      Portaldekungfu.com

  30. Wavatar
    JG 12 de dezembro de 2013 as 16:14

    achei legal

  31. Wavatar
    J.g 12 de dezembro de 2013 as 16:16

    legal mesmo

  32. Wavatar
    J.g 12 de dezembro de 2013 as 16:17

    e muito

  33. Wavatar
    J.g 12 de dezembro de 2013 as 16:18

    adorei de novo

  34. Wavatar
    J.g 12 de dezembro de 2013 as 16:20

    amei outra vez

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 2 de janeiro de 2014 as 11:28

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

  35. Wavatar
    Maria fernanda 31 de dezembro de 2013 as 15:28

    luto jiu jitus a 1 ano e achei muito legal a historia do kung fu vou tentar lutar tambem…

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 2 de janeiro de 2014 as 11:24

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

  36. Wavatar
    Junior Oliveira 2 de janeiro de 2014 as 1:14

    poo q gente preguiçosa! vcs com preguiça de ler o texto, so estao mostrando o quanto desinteressados sao! fala serio se tem interesse na arte leia e parem de pedir resumos

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 2 de janeiro de 2014 as 11:24

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

      Espero que goste do texto e ajude a compreender o Kungfu

  37. Wavatar
    THIAGO 9 de fevereiro de 2014 as 19:19

    Texto muito bom, tem pessoas que tem preguiça de ler imaginem de treinar

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 11 de fevereiro de 2014 as 10:59

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

  38. Wavatar
    iara 18 de fevereiro de 2014 as 13:44

    presiso de resumo para trabalho

    mais ajudou
    obrigado

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 20 de fevereiro de 2014 as 11:08

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

      A História é longa, mas vale a pena ler. Espero que tenha aproveitado para o seu trabalho!

      Atenciosamente
      Portaldekungfu.com

  39. Wavatar
    Marcos Paulo 26 de fevereiro de 2014 as 2:02

    O povo é muito chato.
    Ué, é trabalhoso descrever toda a história, tá aí pra quem quer ler, quem não quiser, também não incomode os caras né…..

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 27 de fevereiro de 2014 as 11:39

      Obrigado por acessar o portal de kungfu/wushu.

      Sabemos da dificuldade de material para artes marciais chinesas no brasil, e por isso, postamos alguns para introduzir as pessoas.
      Obrigado por participar!

      Portaldekungfu.com

  40. Wavatar
    natan 19 de março de 2014 as 20:16

    Gostei do texto, muito instrutivo, mas eu gostaria de saber como era o primeiro estilo de Kung fu, o original, como e onde surgiu, como era o estilo?

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 26 de março de 2014 as 9:40

      Obrigado por acessar o Portal de Kung Fu Wushu. Obrigado pelo elogio ao site e conteúdo.

      At
      Portaldekungfu.com

  41. Wavatar
    Murilo de Souza Freitas 13 de abril de 2014 as 15:40

    kung fuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu !!!!!!!!!!!!!!!!!!
    adoro kung fu eu acho que é o melhor tipo de luta !!!!!!!!!!

  42. Wavatar
    Fernanda 19 de maio de 2014 as 23:29

    Olá!
    Gostei muito da história. está bem completa.
    Mas, preciso das referências bibliográficas.
    Att

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 10 de junho de 2014 as 10:56

      Obrigado por acessar o portal de kung fu. Fonte: Livro segredos do Kung fu

  43. Wavatar
    lincon 11 de julho de 2014 as 13:27

    eu ja fis capoeira um ano mais amo kung fu

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 23 de julho de 2014 as 8:55

      Obrigado por acessar o Portaldekungfu.com

      Procure uma academia de kung fu para aprender, temos certeza que ira gostar muito!

      At
      Portaldekungfu.com

  44. Wavatar
    Jose adilson santos 17 de julho de 2014 as 18:00

    Muito bom!! cita tudo ! não as lutas todas do kung-fu , mais em excepcional gosto , amo kung-fu, mais procuro um mestre para assim praticar ; pratico 6 arts marciais , e digo assim , preciso melhorar , com a luta aprendi e continuo aprendendo.. para aqueles , que querem um resumo , não querendo me intrometer , faça um seu mesmo , você vai assimilar mais coisas !!

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 23 de julho de 2014 as 8:54

      Obrigado por acessar o Portaldekungfu.com

      Espero que tenha gostado e continue acessando nossas matérias

      At
      Portaldekungfu.com

  45. Wavatar
    Claudio Moura 24 de julho de 2014 as 22:17

    Boa noite . Muito interessante a história do Kung fu. Sou Prof de Judô ,mas falo a meus alunos que somos filhos , bem mais novos do Kung Fu. Este texto será bem usado em aula. obg.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 2 de setembro de 2014 as 9:47

      Obrigado por acessar o Portal de Kungfu.

      Estamos sempre trabalhando para levar informações a comunidade marcial. Seja bem vindo!

      Obrigado pelo elogio ao site e esperamos que tenha gostado do texto.

      http://www.portaldekungfu.com

  46. Wavatar
    George 2 de setembro de 2014 as 20:24

    Olá para todos!

    Excelente texto! Todo o conhecimento é válido para o crescimento pessoal, a nossa “visão de mundo”, em especial do Wushu.

    Um grande abraço aos irmãos e irmãs do Wushu e Kin Lai a todos!

  47. Wavatar
    Karyne Kaercher 7 de setembro de 2014 as 15:04

    Gente, Adorei Saber Sobre a Historia Do Kung Fu Não Sabia Que era tudo Isso… Ameei.. Agradeço muito que exista a pessoa que fala tudo sobre essa arte linda <3 🙂 Beijos Obrigada

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 24 de outubro de 2014 as 21:09

      Obrigado por acessar o Portal de Kung Fu/Wushu e ficamos felizes que tenham gostado da historia.

  48. Wavatar
    igor 25 de setembro de 2014 as 22:32

    que legal,eu adoro kung fu,eu sou facha vermelha,meu estilo preferido e
    aguia.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 7 de outubro de 2014 as 10:12

      Obrigado por acessar o Portal de Kung fu. Ficamos felizes em saber que pratica esta bela arte marcial. Mantenha contato e bons treinos.

      Portaldekungfu.com

  49. Wavatar
    marcos 10 de outubro de 2014 as 19:46

    SOU SEGUNDA CATEGORIA NO KUNG FU

  50. Wavatar
    And Vasil 12 de outubro de 2014 as 12:09

    Impressionante…a opinião de cada um, tem que ser respeitada, afinal, é um fórum democrático. Mas, tem gente aqui escrevendo de uma forma difícil de se compreender o sentido e ainda, estão com preguiça de ler sobre o tema ? querem “resumos” ?! sério mesmo ?! pode parecer meio extremo, mas se alguns de vocês tem preguiça de ler uma excelente pesquisa, como acreditar em suas “boas virtuosidades” no Kung Fu ? o legado do Kung Fu está ficando suscetível à problemáticas. Mestres ! por favor ! não permitam que o legado se desoriente ! por favor ! façam em memória aos ensinamentos do grande mestre Huo Yuanjia !

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 12 de outubro de 2014 as 18:09

      Obrigado por acessar o Portal de Kung fu

      Ficamos contentes que tenham gostado da ler a história do kung fu.

      At
      Portaldekungfu.com

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 24 de outubro de 2014 as 21:06

      Obrigado por acessar e compartilhar sua opinião com o Portal de Kung Fu/Wushu

  51. Wavatar
    augusto 14 de novembro de 2014 as 18:01

    muito bom, e bem produzido esse texto. só gostaria de uma coisa, precido de o algo que fale sobre o kung fu na educação e formação de carater. Sou aluno de educação física e preciso apresentar um seminário e falar sobre isso. obrigado.

    • Wavatar
      Solange 23 de novembro de 2015 as 11:48

      Augusto,
      Não sei se conseguiu encontrar algo para te auxiliar nas aulas de educação fisica, mas temos um grande nome nesta area que leciona Educação Fisica de acordo com a prática do Wing Chun.
      Pesquise ou entre em contato com o Leo Imamura.

  52. Wavatar
    augusto 14 de novembro de 2014 as 18:02

    muito bom, e bem produzido esse texto. só gostaria de uma coisa, preciso de o algo que fale sobre o kung fu na educação e formação de caráter. Sou aluno de educação física e preciso apresentar um seminário e falar sobre isso. obrigado.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 14 de janeiro de 2015 as 23:15

      Boa noite, Precisa de alguma ajuda? [email protected]

      Obrigado por acessar o Portal de Kung Fu

  53. Wavatar
    João Vitor 18 de novembro de 2014 as 18:19

    Nesse texto fala sobre qual foi a motivação para criarem o Kung Fu ?

  54. Wavatar
    ivone 9 de dezembro de 2014 as 18:32

    Uma pessoa pode aprender a lutar kung fu com idade acima de 20 anos?ou, uma pessoa sem elásticidade no corpo pode aprender a lutar?

  55. Wavatar
    ivone 9 de dezembro de 2014 as 18:59

    Uma pessoa sem elásticidade no corpo e acima dos 20 anos pode aprender a lutar kung fu?

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 14 de janeiro de 2015 as 23:11

      Boa noite, Sim, Kung Fu não tem restrições e nem limites de idade. Ele se adapta ao seu corpo em qualquer nível.

      Obrigado por acessar o Portal de Kung Fu

  56. Wavatar
    Henrique 4 de março de 2015 as 17:00

    Olá, estou me interessando pelo Shaolin do Norte, e eu queria saber qual foi o fundador do estilo pois eu fiquei um pouco perdido no texto. Obrigado.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 8 de março de 2015 as 18:47

      Obrigado por acessar o Portal de Kung Fu. Em SP tem diversas escolas de shaolin do norte. Procure informações do estilo no site http://www.sinobrasileira.org.br

      At
      Portaldekungfu.com

  57. Wavatar
    DANIELLE JADAI 14 de março de 2015 as 13:54

    MUIY BON 功夫在此之前,開發長。石斧,石刀和箭頭是從中國的時期,最近發掘出土。事實上,黃鈦,在三皇秋天的三分之一(儘管有些人認為中國的第一個皇帝)的銅劍的戰鬥。

    拴發,或拳頭的風格,因為它是所謂功夫之初,變得非常流行時,中國西部週勇士打敗了商朝王在公元前1122在周朝時期,一種摔跤電話嬌麗被列為一起射箭和戰車比賽軍事運動。

    公元前770-481時期被稱為春秋時代。在此期間,功夫被稱為庸全書,藝術開始蓬勃發展。

    戰國(公元前480-221)時期產生了許多戰略家誰強調建設一支強大的軍隊功夫的重要性。正如太陽姿(戰爭的書),“摔跤練習和強化戰士的物理攻擊”。卓越的功夫大師,當時劍鬥,很多​​是女性。其中之一,阿青,被邀請由皇帝越王勾踐,揭露他的理論擊劍的藝術。對於功夫當時的官方用語是郗吃武(相同的字符與用於日本柔術)。

    在秦朝(221-206 BC),漢(公元前206年 – 公元220年)目睹了武術的發展就像Shoubo(摔跤)和交底,其中的參與者都在面臨著牛角的較量頭。功夫更名樵志。幾個新的武器已被納入藝術,道教開始影響鬥爭的哲學。

    在秦王朝(公元265-439年)時期,並在北美和南美(公元420-581),著名的醫生和道教哲學家,結合功夫郗骷嗯(呼吸execícios也叫氣功)。他的室內和室外電源理論今天仍然推崇。

    葛洪是基於很多尋找他的前任華T’o,其中,在三國時期(公元220-265),創建了一個名為勿食緘運動和呼吸法。這包括鳥的動作,鹿,熊,猴子和老虎的模仿。有人說,華T’o獲得幫助從名為錢果豐下巴一個道士。華T’o與葛洪的作品是功夫練習一個具有里程碑意義的發展。

    達摩的到來:在功夫史上的下一個主要的發展也是在北方和南方的王朝來了。

    這塊和有趣 ^_^

  58. Wavatar
    eshilley 15 de julho de 2015 as 15:06

    qual foi a primeira espada surgida

  59. Wavatar
    Ederson Araujo 20 de julho de 2015 as 17:31

    Gostaria de saber se tem registro de quando e por quem o Wing Chun chegou ao Brasil. A informação que tenho é de que Marco Natali introduziu a arte aqui no Brasil, Fundou a UNK que hoje é Francisco Durbano o Presidente. Procede tal informação?

  60. Wavatar
    João Victor torres 16 de agosto de 2015 as 23:23

    Pó só agradeço ao meu mestre Adofo por tudo que me ensino

  61. Wavatar
    Marcos Vinicius 18 de setembro de 2015 as 10:17

    Como se luta Kung FU meu professor de E.Fisica pediu origem e como se luta mas eu só achei a origem. E eu quero achar como se luta e ta aparecendo como utar Kung FU de verdade.

  62. Wavatar
    Gabriel 24 de outubro de 2015 as 15:12

    Eu queria praticar wing chun

  63. Wavatar
    Gabriel 24 de outubro de 2015 as 15:12

    Eu queria praticar wing chun, que tem muito reflexo

  64. Wavatar
    Gabriel 24 de outubro de 2015 as 15:17

    Bom, ip man dizia que não existe a melhor arte marcial, mas o sim o melhor lutador

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 25 de outubro de 2015 as 10:24

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

      Sim, não existe arte marcial melhor, e sim, quem praticantes que treinam duro.

      • Wavatar
        Leandro 4 de novembro de 2015 as 10:16

        Olá bom dia, o Kung Fu tem competição? se tiver como é? e como é feita a pontuação?

  65. Wavatar
    Solange 23 de novembro de 2015 as 11:56

    Adorei tanto que li até os comentários.
    Respondi alguns mesmo que com meses de atraso.
    Espero ter ajudado, e como o Gabriel disse “não existe melhor arte marcial, e sim melhor lutador” Aqui acrescento que o melhor lutador é aquele que se dedica mais, e VIVE o kung Fu no seu dia-a-dia.

    Obs. Alguns comentários deviam ser bloqueados e excluidos (o ultimo que li)
    aqui é um site sério, falando de uma arte milenar passada a gerações, não é lugar de criança carente pedindo atenção ao falar besteira.

    • Wavatar
      Maduleite 23 de novembro de 2015 as 22:15

      tambem acho que alguns comentarios deveriam ser excluidos. mulher desnaurada, que fca colocando essas coisa aqui e um saite para aprender sobre a arte do Kung fu nao para ficar postando essas, coisas

  66. Wavatar
    otavio 26 de novembro de 2015 as 9:37

    sou faixa verde de Kung Fu e gosto muito.

  67. Wavatar
    Hinara Morgan 26 de março de 2016 as 20:51

    Olá,adorei..mas..tem uma resumida?

  68. Wavatar
    Hinara Morgan 26 de março de 2016 as 20:57

    Olá,Me Chamo Hinara,Tenho 11 anos e vou fazer 12….Minha Professora de Educação Física Disse Para Minha Turma Fazer Um Trabalho Sobre Artes Marciais…E Nisso…Eu Escolhi o Kung Fu,Por Conta do Filme Kung Fu Panda 1, 2 e 3….E Tenho que escrever Como é E Como Funciona o Kung Fu….Mas Aqui Neste Site,é Muito Grande…e Preciso Resumido..No Máximo 13 pra 14 linhas…Obrigado!!

    #Hinara

    #Bjokas

    #c:

  69. Wavatar
    Jennifer 14 de abril de 2016 as 10:57

    vc poderia ter feito um resumo desses textos, e ter colocado as coisas principais do kung fu como;regra,história,etc, pq no trabalho q eu tive q fazer de ed. física não ajudou em nada!!!!!!!

  70. Wavatar
    Cintia 15 de maio de 2016 as 17:44

    Olá vocês poderiam Indicar alguma escola honesta e comprometida em sao paulo de Kung Fu ?

  71. Wavatar
    Fernanda 27 de maio de 2016 as 23:44

    Nao tem como resumir esse texto,nao?

  72. Wavatar
    cury 5 de junho de 2016 as 13:01

    Ótimo texto parabéns. O mal do brasileiro e achar que as coisas podem ser resumidas e ter o mesmo resultado.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 22 de junho de 2016 as 22:12

      Obrigado por acessar o Portal de KungFu e por curtir nosso texto

  73. Wavatar
    Isa 8 de julho de 2016 as 16:28

    Texto de muita informação de qualidade sobre o wushu. Muito feliz por ter encontrado este site. Obrigada a todos do portal pela oportunidade de adquirir conhecimento.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 7 de setembro de 2016 as 12:22

      Obrigado por acessar a pagina. Continue acessando o portal de kungfu

  74. Wavatar
    Pajoca 8 de janeiro de 2017 as 0:14

    Gostei imenso, percebe se que foi feito por alguém que gosta e sabe do que está a escrever. Obrigado.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 14 de janeiro de 2017 as 14:56

      Obrigado por acessar o portal de kungfu

  75. Wavatar
    Pajoca 8 de janeiro de 2017 as 0:14

    Gostei imenso, percebe se que foi feito por alguém que gosta e sabe do que está a escrever. Obrigado.

  76. Wavatar
    Luan Sarmento 22 de janeiro de 2017 as 23:54

    Sou karateka do estilo kyokushinkai e gosto muito de estudar a história das artes marciais. O texto é excelente, rico em informações. Parabéns pelo trabalho e obrigado por compartilhar esse conhecimento.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 15 de fevereiro de 2017 as 20:25

      O Portal de kungfu agradece a visita e elogios ao site

  77. Wavatar
    Gustavo INacio 16 de março de 2017 as 12:27

    Gostei muito do conteúdo , o texto esta perfeito e se tradando de historia de uma arte o mais nunca é o bastante para o conhecimento.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 25 de março de 2017 as 13:39

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

  78. Wavatar
    adalberto rodrigues da silva 22 de março de 2017 as 17:21

    O conteúdo de seu texto é excelente, e tantas foram as explicações esclarecedoras e preciosas que justificariam, até, um bem mais extenso. Tenho 76 anos, todavia, em minha juventude, atuei, apenas como iniciante, em algumas artes marciais, como o jiu-jiutsi japonês, box, cuja continuidade sempre foi interrompida em função de deslocamento vários no exercício de minhas profissionais. Mas, como herança, ainda mantenho corpo e mente bastante apreciável para minha idade. Mesmo assim, que vontade teria eu de continuar … O kung-fu, então, sempre foi o meu sonho de consumo.

  79. Wavatar
    adalberto rodrigues da silva 22 de março de 2017 as 17:25

    O conteúdo de seu texto é excelente, e tantas foram as explicações esclarecedoras e preciosas que justificariam, até, um bem mais extenso. Tenho 76 anos, todavia, em minha juventude, atuei, apenas como iniciante, em algumas artes marciais, como o jiu-jiutsi japonês, box, cuja continuidade sempre foi interrompida em função de deslocamento vários no exercício de minhas atividades profissionais. Mas, como herança, ainda mantenho corpo e mente bastante apreciável para minha idade. Mesmo assim, que vontade teria eu de continuar … O kung-fu, então, sempre foi o meu sonho de consumo. Mas, que fazer?…

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 25 de março de 2017 as 13:38

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

      Muito legal que mantenha o corpo e mente ativo. Sucessos e pode contar sempre conosco.

  80. Wavatar
    Amilton 14 de setembro de 2017 as 23:26

    Excelente! Aos que trabalharam nessa publicação o texto pode ser grande mas a leitura é ótima! Muito obrigado!

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 25 de outubro de 2017 as 22:02

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

  81. Wavatar
    Almirando Barbosa 15 de setembro de 2017 as 12:03

    Ola pessoal gostei muito do que li nesse portal, show abraço Tmj.

    • Wavatar
      Portal Kung Fu/Wushu 25 de outubro de 2017 as 22:01

      Obrigado por acessar o portaldekungfu.com

      Abraços da Equipe do Portaldekungfu

  82. Wavatar
    Robson Nunes 29 de outubro de 2017 as 15:58

    Excelente artigo, parabéns pelo portal, o Brasil precisa de mais informações boas como essa para eleva e difundir mais a arte do kung fu Wushu.

Deixe um comentário